Em cima da hora | Mais lidas de hoje

Terça-Feira, 16 de Setembro de 2014 | Última atualização ocorreu às 13:52hr

RSS Feeds Bookmark e Compartilhe

Pílula anticoncepcional Nociclin é proibida em SP

31/01/2009 - 09:52:47 - Folha Online


Decisão foi baseada em exames do Instituto Adolfo Lutz que revelaram problemas em amostras

A Secretaria de Estado da Saúde proibiu a venda e distribuição do anticoncepcional Nociclin e também decidiu interditar, de forma cautelar, cinco lotes da pílula, com 164 mil cartelas --o equivalente a 3,4 milhões de comprimidos--, informa a repórter Cláudia Collucci, em matéria publicada na Folha (a reportagem está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL).

A decisão, publicada hoje no "Diário Oficial" do Estado, foi baseada em exames do Instituto Adolfo Lutz que revelaram problemas em amostras do produto, que poderiam tornar ineficaz a prevenção da gravidez, segundo a secretaria.

O Nociclin está na lista do Programa Farmácia Popular, do governo federal, mas a EMS --fabricante do anticoncepcional-- informou que os lotes interditados não foram comercializados no varejo.

Segundo o Ministério da Saúde, 20 milhões de cartelas de Nociclin foram distribuídas em nove Estados brasileiros por meio do programa Saúde da Mulher. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ainda não decidiu se vai suspender o anticoncepcional nesses Estados.

Outro lado

Por meio de nota, o laboratório EMS informou ontem que realizou testes nos lotes de Nociclin antes de entregá-los ao Ministério da Saúde e que todos eles apresentaram resultados satisfatórios, comprovando a qualidade do produto.

A EMS mantém um canal de atendimento às usuárias do medicamento pelo telefone 0800-191914, para o esclarecimento de dúvidas e informações, com funcionamento diário das 8h30 às 20h.

 

 

 

© 2008-2014 Tudo Agora. Seu agregador de conteúdo no Brasil.