Em cima da hora | Mais lidas de hoje

Sexta-Feira, 28 de Novembro de 2014 | Última atualização ocorreu às 13:52hr

RSS Feeds Bookmark e Compartilhe

A greve dos bancários continua por tempo indeterminado em agências de dois Estados Rio de Janeiro, Maranhão

A greve dos bancários continua por tempo indeterminado em agências de dois Estados --Rio de Janeiro, Maranhão--, e duas capitais --Porto Alegre e Salvador--, além do Distrito Federal, segundo dados da Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro).

Os bancários de Rio de Janeiro, Brasília e Salvador decidiram em assembléias de ontem (30) continuar a greve por tempo indeterminado. Em Porto Alegre, a decisão de continuar a paralisação foi apenas dos funcionários da Caixa Econômica Federal.

Segundo a Contraf, novas assembléias serão realizadas no final do dia para avaliar o movimento.

No Maranhão, continuam paralisados por tempo indeterminado as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Ontem, segundo a entidade, bancários de 22 capitais e bases territoriais de 126 sindicatos da categoria em todo o país pararam por 24 horas, como forma de pressionar os bancos a apresentar nova proposta de reajuste salarial.

Os trabalhadores podem parar por tempo indeterminado em todo o país a partir do dia 8, se não houver negociação com os bancos.

No país, são 434 mil bancários em campanha salarial, sendo que 120 mil trabalham em São Paulo, Osasco e região.

O comando nacional dos bancários, que representa a categoria nas negociações salariais, rejeitou o reajuste de 7,5% oferecido pelos bancos para os salários, pisos salariais e demais verbas trabalhistas -como vale-refeição, alimentação e auxílio-creche.

O percentual é considerado insuficiente pela categoria porque serviria apenas para repor a inflação acumulada de 7,15% (medida pelo INPC do IBGE) no período de setembro de 2007 a agosto deste ano e não contemplaria aumento real.

Os funcionários dos bancos pedem 5% de aumento real, vale-alimentação e auxílio-creche de R$ 415; e vale-refeição de R$ 17,50 por dia.

 

 

Orkut Tudo Agora
Siga-nos no Twitter

© 2008-2014 Tudo Agora. Seu agregador de conteúdo no Brasil.