Em cima da hora | Mais lidas de hoje

Quinta-Feira, 24 de Abril de 2014 | Última atualização ocorreu às 13:52hr

RSS Feeds Bookmark e Compartilhe

A partir de janeiro novas regras dificultam tirar habilitação.

Muita gente está correndo para os Detrans para tentar tirar a primeira carteira de habilitação (CNH). Com as novas regras determinadas pelo Conselho Nacional de Trânsito, que torna mais difícil conseguir a habilitação a partir de janeiro, várias auto-escolas de diversos estados já apresentam aumento na procura para quem quer tirar carteira de motorista.

 

No Detran do Distrito Federal, que marcava em média sete mil exames por mês, a procura aumentou 71% - hoje são 12 mil candidatos por mês. A Associação Nacional dos Detrans afirma que a procura aumentou em todo o país: 30% em São Paulo, 34% em Curitiva e 40% em São Luís. Segundo as auto-escolas, a movimentação deve aumentar de 15% a 20%.

A auxiliar de serviços gerais, Marinete Arruda, resolveu fazer a inscrição na auto-escola quando soube que, a partir de janeiro, a exigência do número de aulas téoricas e práticas irá aumentar. “Já está dificil tirar a carteira, mas eu acho que vai ficar um pouquinho mais”, disse.

Mudanças

O número de horas de aulas práticas de direção passará de 15 para 20. Na parte teórica, aumentará de 30 para 45 horas/aula. O conteúdo de direção defensiva foi duplicado, com atenção especial para os motociclistas e para as conseqüências do uso de álcool e drogas.

“Se você não conhecer isso agora, você vai ter que conhecer depois na prática. É melhor conhecer na teoria primeiro”, afirma o diretor do Detran-DF, Jair Tedeschi.

O professor da Universidade de Brasilia, Davi Duarte, lembra que o número de acidentes entre os motoristas que acabaram de tirar a carteira é 50% maior. “Compensa esperar um pouco mais, sem corrida, pra tirar a carteira de forma mais robusta, de forma mais segura”, recomenda.

 

 

 

Orkut Tudo Agora
Siga-nos no Twitter

© 2008-2014 Tudo Agora. Seu agregador de conteúdo no Brasil.